Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Orientação aos trabalhadores para buscar os serviços das agências FGTAS/Sine de forma digital

Publicação:

-
-
Por FGTAS

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social - FGTAS

Para diminuir as aglomerações de pessoas e o tempo de permanência nos lugares públicos, a FGTAS orienta os trabalhadores a buscarem atendimento no ambiente digital. São eles:

Oportunidade de emprego

• Cadastro de vagas – Empregador:

O empregador pode selecionar trabalhadores através das Agências FGTAS/SINE, por meio do site da FGTAS ou do Portal Emprega Brasil do Ministério da Economia.

No Portal “Emprega Brasil” (empregabrasil.mte.gov.br), o empregador pode anunciar vagas de emprego, selecionar trabalhadores para entrevista, registrar e acompanhar o processo de seleção.

Também é possível disponibilizar as vagas nas Agências, através do preenchimento do formulário no site da FGTAS (www.fgtas.rs.gov.br/captacao-de-vagas).

• Trabalhador - Aplicativo “Sine Fácil” – cartas de encaminhamento:

Através do Aplicativo Sine Fácil, é possível se candidatar às vagas de emprego, agendar entrevistas com empregadores e acompanhar a situação do benefício do Seguro-Desemprego.

Para acessar as informações é necessário entrar com cidadão.br ou obter uma chave de acesso (QRCode), através do portal de serviços - https://servicos.mte.gov.br  - ou em uma Agência FGTAS/SINE. Acesse o nosso passo-a-passo para maiores informações: https://empregabrasil.mte.gov.br/passo-a-passo.

• Carteira de Trabalho:

Para obter a Carteira de Trabalho Digital, basta baixar gratuitamente o aplicativo na loja virtual (Apple Store da Apple ou na Play Store do Android) ou acessar via Web, por meio do link https://servicos.mte.gov.br/. Quem já tem cadastro no sistema acesso.gov.br, basta usar seu login e senha de acesso no App Carteira de Trabalho Digital.

Com a Carteira de Trabalho Digital, você acompanha seu contrato de trabalho e tem acesso aos registros trabalhistas anteriores. As anotações que eram realizadas na CTPS Física agora são feitas somente eletronicamente e o acompanhamento é realizado através da Carteira de Trabalho Digital;

• Seguro-Desemprego:

O trabalhador pode realizar o encaminhamento do benefício seguro-desemprego pela internet. Para tanto precisará realizar um cadastro no site: https://empregabrasil.mte.gov.br/. Após 7 dias da dispensa, pode ser encaminhado o Seguro-Desemprego. O trabalhador pode acessar o Portal Emprega Brasil (servicos.mte.gov.br) clicando em “Quero me cadastrar” ou na opção “Já tenho um cadastro” e informar a senha de acesso.

Quem ainda não é registrado deve digitar dados pessoais, como CPF, nome e telefone e responder a algumas perguntas sobre a vida laboral e previdenciária.

Uma vez com acesso à conta, é preciso clicar em “Solicitar Seguro-Desemprego” e informar o número do requerimento que está no comunicado de dispensa. Em seguida, confirmar a solicitação e obter um comprovante ao final do processo.

Se a solicitação online for concedida automaticamente, receberá a informação de que a emissão das parcelas acontecerá em 30 dias contados a partir da data de liberação pelo sistema. Se o sistema acusar alguma necessidade de validar a documentação ou erro, o cidadão deve comparecer a uma Agência FGTAS/Sine e levar todos os documentos recebidos pela empresa, documentos pessoais, Carteira de Trabalho (não obrigatória). Caso a Carteira for virtual (digital) basta declarar no ato do atendimento.

Caso ocorra problemas no encaminhamento do seguro-desemprego on-line, entre em contato através do telefone 158.

Agendamento Seguro-desemprego

As Agências FGTAS/Sine oferecem atendimento de encaminhamento de seguro-desemprego com agendamento. O agendamento objetiva fornecer maior comodidade para o trabalhador e pode ser realizado no site da FGTAS: https://www.fgtas.rs.gov.br/agendamento-seguro-desemprego.

 

 

STAS - Secretaria do Trabalho e Assistência Social